Um amor ( sertão ) que já nasce estrangulado de saudade

Autora: Angela Almeida

Editora: Flecha do Tempo

Ano: 2007.

Livro esgotado

 

angela 400

 

Textos, poemas e ensaios de:

Ilza Matias de Souza

Juremir Machado

Volonté

Gustavo de Castro

Josimey Costa

Alex Galeno

Selma Bezerra

Elza Dutra

Elianne Abreu

Henrique Fontes

Dalcy Cruz

Rose de Melo Rocha

 

angela 403

 

Relicários, Bordados, Palavras

A Coleção metamorfose acolhe como seu quinto volume esse texto tecido de linhas, palavras, cores, bordados e verdadeiras caixinhas-surpresa, lapidados e compostos com arte e manha por Angela Almeida.

Diferente dos volumes anteriores, a cor aqui é a marca de um sol que não poderia se esconder entre as nuvens. Num sertão ocre de terra rachada, o encarnado, o azul real e o amarelo ouro tornam vivo um imaginário floral, diabólico e de amores vividos nos limites. Misturando caixas-relicários e textos prosaicos e poéticos, a autora soube costurar, como uma Penélope, palavras, pedras, lampião, Maria Bonita e pensadores brasileiros com destreza, ousadia e um furor estético estonteante.

Bem vistas as coisas, e quando a memória nos ajuda a revisitar o passado, Um amor ( sertão) que já nasce estrangulado de saudade é, de fato, um desdobramento estético da tese de doutorado da autora por mim orientada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, da UFRN.

O livro de Angela Almeida é um exemplo de que arte, ciência e literatura estão, definitivamente, em copulação amorosa.

Ceiça Almeida

Novembro de 2007.

 

angela 404

 

angela 405

 

Um poema de Ilza Matias, escritora, poeta, ensaísta e professora da UFRN.

Um réquiem para os mortos,

canção-embalo

Ecoa no berço-túmulo.

Vibram cordas

da ópera esquecida.

Sons do impossível,

ali, onde a verdade

esplende em deserto.

Arte noturna.

O sertão olha

melancólico

para o mundo.

Sem sonhos

de menina.

 

angela 407

 

angela 409

angela 412

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s